D’Stim

FRAMEWORK PARA O DESENVOLVIMENTO DE PRODUTOS ÚNICOS PARA ADULTOS AUTISTAS COM TRANSTORNO DE PROCESSAMENTO SENSORIAL

Essa pesquisa faz uma análise da relevância do pensamento em design para a construção de ferramentas que auxiliem no processo de criação de produtos para autistas. Assim, a questão norteadora do estudo é: o que deve ser levado em consideração no processo de desenvolvimento de produtos únicos para adultos autistas com transtorno de processamento sensorial?

Para responder a essa pergunta, inicialmente é apresentada uma revisão de literatura sobre autismo, transtornos de processamento sensorial, o pensamento em design, co-design, design especulativo e cultura maker. Em seguida, é realizada uma triangulação de como esses conceitos podem servir para a criação de produtos únicos e, a partir disso, propõe-se um framework com ferramentas que podem ser utilizadas na hora de desenvolver produtos para autistas.

Elas são propostas em um processo iterativo, composto por entrevistas, canvas, painel semântico, matriz de viabilidade, jogo especulativo e produção. O framework, denominado D’Stim, tem como objetivo auxiliar designers e autistas a especular, a imaginar e a concretizar produtos únicos para autistas com transtorno de processamento sensorial. Foram realizados testes com 11 participantes adultos com diagnóstico tardio de autismo, que explicaram suas dificuldades e desafios no dia a dia devido a transtorno de processamento sensorial. Com isso, fez-se uma lista com as propostas sugeridas pelos entrevistados e as soluções imaginadas a partir dos dados colhidos, que foram analisadas conforme a necessidade e a viabilidade, e criaram-se ilustrações de como poderiam ser os objetos especulados.

 

botão de download